Prefeitura e Ministério da Agricultura programam workshop para fortalecer agroindústrias

Parceria para fortalecer o setor primário

Prefeitura e Ministério da Agricultura programam workshop para fortalecer agroindústrias Foto: Peta Cid Notícia do dia 07/02/2019

 

Estimular atividades de agroindústrias de beneficiamento de frutas regionais e laticínios, apoiar a produção agrícola para a merenda escolar e fomentar a implantação de uma agroindústria de beneficiamento de farinha de mandioca estão entre os objetivos do workshop para empreenderes e produtores rurais que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) realizará em Parintins, atendendo a solicitação da Prefeitura Municipal. 

O superintende do MAPA, Guilherme Pessoa, confirmou a parceria que vai contribuir com o projeto de desenvolvimento rural sustentável da administração do prefeito Bi Garcia e do vice-prefeito Tony Medeiros. 

Em reunião com o secretário de Pecuária, Agricultura e Abastecimento, Edy Albuquerque e a equipe técnica do MAPA, foram tratados os direcionamentos da parceria e a data que será definida para a primeira quinzena do mês de abril com o aval do prefeito. 

Edy Albuquerque destaca o desafio que é implantar em Parintins uma agroindústria que tenha todos os requisitos necessários para que a farinha produzida em Parintins possa entrar no mercado institucional por meio dos programas que compram produtos da agricultura familiar como da Conab, da merenda escolar do município por meio do PNAE e do Estado com o Preme. 

Ele aponta números que mostram a necessidade de fortalecer essa atividade e difundir tecnologias . 

“ A nossa feira do empreendedor  familiar na praça dos bois movimentou em 2017 em torno de R$950 mil. Em 2018 saltou para R$ 1 milhão 560 mil, sendo que R$ 900 mil foram de produtos derivados da mandioca, com destaque para a farinha. A feira também vendeu beijus, a goma, o tucupi, crueira, carimã que fazem parte da cultura alimentar parintinense e da nossa atividade econômica que precisamos fortalecer”, afirmou Albuquerque. Ele ressalta a necessidade de buscar o mercado varejista e melhorias para a farinha que ainda é vendida a granel. 

A proposta que já vem sendo trabalhada é para a instação da 

primeira agroindústria de farinha na comunidade do Máximo, possibilitando que o produto seja processado e embalado para chegar às mesas, aos supermercados e ser comercializado na merenda escolar. 

Albuquerque agradeceu a parceria com o Ministério da Agricultura, afirmando que é dessa forma que a Prefeitura tem atuado e enxergado o setor primário,  buscando cada vez mais as ações que seão fundamentais para avançar e trazer investimentos. 

“Nossa meta é agregar valor aos produtos, melhorar a remuneração para os produtores e fazer com que, além de gerar renda para o município, a agroindústria possa gerar mais emprego”, destacou. 

O superintendente Guilherme Pessoa parabenizou a prefeitura e a Sempa pela iniciativa. Ele disse que o  secretário Edy Albuquerque, representando o prefeito Bi Garcia, desde sempre tem buscado parceiras com o MAPA.

Segundo ele, as informações repassadas visam aperfeiçoar os processos produtivos em toda a sua cadeia, inclusive na comercialização. 

“O entendimento de se promover um seminário para trazer informações sobre procedimentos e políticas federais para o município certamente renderão frutos aos cidadãos e produtores rurais parintinenses. Parintins foi um dos poucos municípios que nos procurou para assuntos como esse”, pontuou o superintendente.