Boi-Bumbá poderá ser reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro

A manifestação cultural é tradicional da região Norte e está sendo destacada por sua fundamental importância enquanto referência cultural brasileira

Boi-Bumbá poderá ser reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro Foto: Pitter Freitas Notícia do dia 06/11/2018

A Prefeitura de Parintins participa nos dias 08 e 09 de novembro, da 90ª reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, em Belém (PA). No encontro realizado pelo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), os conselheiros irão avaliar os pedidos de reconhecimento de três bens, entre eles o Complexo Cultural Boi-Bumbá do Médio Amazonas e Parintins; o Marabaixo, do Amapá e um geoglifo do Acre.

 

O prefeito Bi Garcia, juntamente com a secretária de Cultura e Turismo, Karla Viana, irá acompanhar o processo de definição do registro do Boi-Bumbá como Patrimônio Cultural do Brasil, que será definido no primeiro dia da simbólica reunião. A manifestação cultural é tradicional da região Norte e está sendo destacada por sua fundamental importância enquanto referência cultural brasileira.


O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural é o órgão colegiado de decisão máxima do Iphan para as questões relativas ao patrimônio material e imaterial. São 22 conselheiros que representam o Ministério da Educação, o Ministério das Cidades, o Ministério do Turismo, o Ministério do Meio Ambiente, o Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos), o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), a Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), e mais 13 representantes da sociedade civil, com especial conhecimento nos campos de atuação do Iphan.