Adesão ao PAA assegura R$ 1 milhão para compra de produtos da agricultura familiar

Os alimentos adquiridos no PAA atendem necessidades de pessoas que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social.

 Adesão ao PAA assegura R$ 1 milhão para compra de produtos da agricultura familiar Foto: ADS Notícia do dia 01/02/2018

A Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa), confirma adesão do município ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que será um diferencial no incentivo à produção da agricultura familiar com a garantia da compra de alimentos com recursos que podem chegar a R$ 1 milhão. Os alimentos são destinados a atender necessidades de pessoas que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social, insegurança alimentar, nutricional, cadastradas nos programas sociais.

Aa primeira reunião técnica para a expansão do programa foi conduzida ontem (31), pelo presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Lucio Flávio do Rosário, com representantes de técnicos do sistema Sepror e quatro municípios, entre eles Parintins, com a presença do secretário da Sempa Edy Albuquerque.

Na ocasião do encontro, o presidente da ADS disse se tratar de um programa fantástico, de grande alcance social e financeiro. Frisou que a participação dos municípios com a experiência compartilhada pelo governo do Estado vai gerar riquezas no interior do Amazonas.

O PAA é executado com recursos do governo federal e no Amazonas é coordenado pelo Sistema Sepror, por meio da ADS. Com esses recursos, a produção rural dos agricultores é comprada e repassada às entidades, com pessoa jurídica constituídas, cadastradas no programa.

Com a adesão dos municípios, mais agricultores e mais entidades passarão a ser beneficiados. Em 2017, R$ 2, 9 milhões foram pagos aos agricultores amazonenses e 50 entidades receberam regularmente alimentos produzidos no Estado.

O secretário Edy Albuquerque informou que o edital de chamada pública será publicado neste mês de fevereiro e o município de Parintins já se manifesta pela adesão ao programa que dá ao produtor garantia de comercialização para os seus produtos, numa determinação do prefeito Bi Garcia. Albuquerque explica que o município que confirmar adesão será beneficiado com pelo menos R$ 1 milhão de reais para aquecer o setor primário, de acordo com estimativas do gerente técnico, responsável pela condução do PAA no Amazonas, Tanis Castro.

Participaram da reunião Túlio Kniphoff (diretor técnico da ADS), Airton Schneider (secretário executivo da Sepror), Alexandre Araújo (assessor Sepror), Lázaro Reis (Idam), Beto Dângelo (prefeito Manacapuru), Neto Calderaro (Rio Preto da Eva), Edy Albuqerque (Parintins), Peterson Chaves (Urucará), Tanis Castro (assessor ADS) e Lucio Flavio do Rosário (Presidente ADS).