Em busca da perfeição de espetáculo, Caprichoso demarca espaço em ensaio técnico no Bumbódromo

Elenco de itens individuais e coletivos fizeram afinamentos necessários no palco da grande disputa do Festival Folclórico de Parintins

Em busca da perfeição de espetáculo, Caprichoso demarca espaço em ensaio técnico no Bumbódromo Foto: Glenda Dinely Notícia do dia 27/06/2017

A busca pela perfeição da execução do projeto boi de arena 2017 “A Poética do Imaginário Caboclo” exigiu rigoroso ensaio técnico do elenco geral do Caprichoso para marcar o tempo e o espaço da apresentação de cada item na arena do Bumbódromo, na noite desta segunda-feira, 26 de junho. O presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, o vice-presidente, Jender Lobato, Conselho de Arte e direção de arena ajustaram detalhes como da entrada e posicionamento dos ritmistas da Marujada de Guerra dentro das três noites de espetáculo.

 

O coordenador do Conselho de Arte, Ericky Nakanome, assegura que o Boi Caprichoso vai impressionar o público com um espetáculo fantástico e trazer novamente o turista a Parintins. “Para quem espera e cria expectativa em um boi que caminha para a profissionalização, entendemos que aqui é o momento do espetáculo de fazer todos os afinamentos necessários, de conhecer o espaço, som, iluminação e pensar possibilidades. Pensar erros também. É a hora de errar justamente para que, durante as apresentações nas três noites, sejam só acertos”, destaca.

 

O diretor de arena do Boi Caprichoso, Ito Teixeira, afirma que o momento serve para pontuar algumas apresentações consideradas mais delicadas e afinar as evoluções dos itens de acordo com o espaço. “É tudo para que a gente esteja com a apresentação com perfeição. Buscamos a realidade hoje para que nos dias de festival os itens cheguem mais próximo possível do que vamos executar. Almejamos a perfeição do espetáculo. Não podemos trazer as alegorias para cá e fazer teste, mas dentro do possível, trabalhamos isso através do lado humano”, explica.