Tribos do Garantido trazem nova proposta para o Festival 2017

No festival, o Garantido vai contar com cerca de 600 pessoas em momentos como ritual, celebração folclórica, figura típica, lenda e tribos

Tribos do Garantido trazem nova proposta para o Festival 2017 Foto: Paulo Sicsu Notícia do dia 27/06/2017

O Boi Bumbá Garantido traz esse ano para a arena do Bumbódromo uma nova proposta cênica coreográfica. O maior grupo de dança do vermelho e branco é formado por brincantes de Parintins, o conhecido tribão, e a ideia é mostrar uma dança mais "pé no chão", como aponta o coreógrafo Élio Siqueira.

 

Os coreógrafos comemoram o sucesso alcançado nas noites de ensaios técnicos, mas mantem os trabalhos intensos para as três noites do Festival Folclórico de Parintins 2017. Élio conta que esse ano o bumbá vai apresentar uma dança mais tradicionalmente indígena. "O Garantido vem mais tribal", adianta o dançarino que está no boi há quase 30 anos, 20 como coreógrafo. A esposa de Élio, Carla Santos, também faz coreografias e participa das criações de palco e arena.

 

No festival, o Garantido vai contar com cerca de 600 pessoas em momentos como ritual, celebração folclórica, figura típica, lenda e tribos. O maior contingente de brincantes é de Parintins, mas o boi realiza parcerias com grupos de dança de Manaus (Wankô Kaçawere, Garantido Show e grupo Somos o Show), Maués (Porantin), Santarém (Festa do Carimbó), Presidente Figueiredo (Ágata), Óbidos (quadrilha), Macapá (Amigos da Toada), Vila Amazônia e Mocambo.

 

O coreografo Rondineli Batista, que fez sucesso ano passado com a dança dos "Macacos Vermelhos", aprova as parcerias, mas destaca que o tribão deve ser de Parintins. "Aprovamos a ideia do presidente de voltar às tribos para Parintins. A Cidade Garantido fica mais movimentada e mais acolhedora", acredita.

 

"As pessoas estavam ansiosas para que as tribos voltassem a ser de Parintins", revela o coreógrafo Pedro Evangelista. Ele esta no boi desde 1992 e faz parte do grupo de dançarinos que iniciou o  Garantido Show e agora é uma das cabeças pensantes do Garantido na área cênico coreográfica. Pedro conta que os ensaios para 2017 já chegam a mais de dois meses, porém, os trabalhos de formatação das coreografias acontecem desde novembro do ano passado. O bumbá prepara uma apresentação dinâmica, quando a dança será peça importante e expressiva no espetáculo vermelho e branco.

 

Texto Eldiney Alcântara