Menu

Prefeitura implementa melhorias de atendimento e para funcionários

O hospital foi recebido no mês de janeiro era de total sucateamento estando sem condições de receber a população com qualidade e de dar suporte para um bom trabalho dos profissionais de saúde.

Prefeitura implementa melhorias de atendimento e para funcionários Notícia do dia 20/04/2017

Em menos de 15 dias após as mudanças realizadas pela Prefeitura de Parintins na gestão do Hospital Regional Jofre Cohen, os resultados começam a ser notados pela população que necessita de atendimento. Melhorias na emergência, diminuição do tempo de espera pelo médico, introdução de assistentes sociais no plantão,  além de mudanças estruturais são algumas das ações implementadas no hospital. Um relatório da situação em que foi encontrada a instituição e um projeto básico sobre as mudanças que devem ser feitas será entregue pelo diretor interino Josimar Marinho ao prefeito Bi Garcia neste final de semana. O trabalho conta ainda com o gerente de enfermagem Clerton Rodrigues e diretor clínico médico Paulo Roberto.

Josimar informa que a situação em que o hospital foi recebido no mês de janeiro era de total sucateamento estando sem condições de receber a população com qualidade e de dar suporte para um bom trabalho dos profissionais de saúde. Disse que o prefeito Bi Garcia estava totalmente insatisfeito com a maneira em que o povo estava sendo recebido autorizando diversas mudanças.

A área da emergência, considerada uma das mais críticas atualmente passará por modificação estrutural. Em recentes visitas feitas pelo prefeito, notou-se que a população pega chuva e sol a espera de atendimento e ordenou melhorias urgentes. Josimar disse que um projeto básico foi montado para que seja licitado contemplando mureta, fechamento da sala com blindex, climatização e área para ambulância. “Será feito também um balcão para que o servidor possa atender com maior atenção a população que chega, não ficar trancado em uma sala e deixar o paciente esperando”, pontuou.   

Ainda na emergência, de imediato foram colocados assistentes sociais para auxiliar os pacientes na entrada e promovendo triagem que pode evitar demora no atendimento redirecionando se possível aos postos de saúde. “As vezes o paciente não precisa estar na emergência e sim de um atendimento ambulatorial. Com isso é feita ligação para o posto para que receba o cidadão de forma imediata para abordagem clínica adequada”, explicou o diretor do hospital. Também foi modificada a parte de atendimento em odontologia.

Quanto a estrutura física, Marinho informou que foram realizadas ampla reforma no telhado praticamente acabando com as goteiras que estavam espalhadas por todo prédio, além da limpeza total na área externa com poda e capinação. Disse que o prefeito Bi Garcia autorizou também ao secretário de saúde Ronaldo Cardoso a compra de dois carrinhos anestésicos para o centro cirúrgico, além da chamada de dois técnicos nesta sexta-feira em Parintins para conserto em curto prazo do mamógrafo e raio x. Marinho destaca também que a rede de oxigênio do hospital será analisada e passará por manutenção.  

A cozinha também será reestruturada por conta do calor que sofrem os trabalhadores e também com mudanças na tubulação de gás. “Tomamos providência para a modificação dessa tubulação e o prefeito nos autorizou a compra dos ar-condicionados para a cozinha que já estão aqui, além dos utensílios que estavam em falta”, disse.

A atuação intensificada do nutricionista da instituição evitará prejuízos e desperdícios dentro do hospital. O profissional fará todo o cardápio, incluindo dos funcionários para que, segundo Josimar, todos sejam alimentados com qualidade e não com quantidade que causava um alto grau de perdas. “O prefeito Bi Garcia e o vice Tony Medeiros querem o Hospital Jofre Cohen seja reconhecido como referência e tenha a cara da administração atendendo bem a população de Parintins”, ressaltou.

Qualificação

O diretor interino Josimar Marinho salientou que os servidores terão acesso a qualificações nas suas áreas específicas para que os trabalhos possam ser otimizados e seguros. Justificou dizendo que um grande número de funcionários concursados da Secretaria de Estado da Saúde (SUSAM) foram convocados, mesmo não sem terem tido nenhum tipo de treinamento. “Serviços gerais, artífices chegaram aqui e tiveram que começar a trabalhar sem preparo, material ou suporte adequado. Como é que um serviço geral vai ao centro cirúrgico sem equipamento de proteção? Verificamos isso entre outras coisas para uma ação imediata”, finalizou.

Secretarias Prefeitura de Parintins