Biblioteca Tonzinho Saunier realiza oficina de leitura na passagem do Dia Nacional do Livro Infantil

Monteiro Lobato morreu em 4 de julho de 1948, aos 66 anos de idade, e no ano de 2002 foi criada uma Lei (10.402/02) que registrou o seu nascimento como data oficial da literatura infanto juvenil.

Biblioteca Tonzinho Saunier realiza oficina de leitura na passagem do Dia Nacional do Livro Infantil Foto: Mayse Garcia Notícia do dia 18/04/2017



“A mim me salvaram as crianças. De tanto escrever para elas, simplifiquei-me. Ainda acabo fazendo livros, onde um dia as nossas crianças possam morar eternamente”. Monteiro Lobato morreu em 4 de julho de 1948, aos 66 anos de idade, e no ano de 2002 foi criada uma Lei (10.402/02) que registrou o seu nascimento como data oficial da Literatura Infanto Juvenil. Nesta terça-feira (18), a Prefeitura de Parintins, através da Secretaria de Educação (Semed) realiza na Biblioteca Tonzinho Saunier rodas de leitura, contação de histórias, brincadeiras, teatro de fantoches e visita ao acervo.

A coordenadora da Biblioteca, Fernanda Butel, explica que a instituição realiza o ano todo oficinas de leitura nas escolas do município de forma itinerante e agendada. Mas, pelo calendário escolar adaptado, foi preferível realizar o evento na sede da biblioteca. “Para nós são datas que precisam ser lembradas, que precisam estar na memória dos nossos alunos, pais e professores. Ainda mais por se tratar de um dia de referência a um dos maiores escritores do público infantil brasileiro”, desta Butel.

Pela manhã a visita ocorreu na escola municipal Beatriz Maranhão, seguido da escola Padre Paulo Mana. A coordenadora da sala de leitura, Ivanil Dias, salienta que ações dessa natureza aproximam a criança, o jovem e o aluno do livro. “Ficamos felizes de ter um espaço organizado com todo o suporte de pesquisa e ensino tanto no livro impresso, quanto no suporte digital. Fico ainda mais feliz de nesse momento ver a curiosidade brilhar nos olhos das crianças. Essa curiosidade faz futuramente brilhantes profissionais”, afirma Dias.

José Bento Renato Monteiro Lobato foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. Importante editor de livros inéditos e autor de relevantes traduções. Após sua morte, em julho de 1948, suas obras foram eternizadas na literatura brasileira e são, ainda hoje, leitura obrigatória na educação básica brasileira.