Ação com especialistas na Vila Amazônia registra 105 atendimentos

A especialidade mais procurada foi a ginecologia-obstetrícia com 26 atendimentos.

Ação com especialistas na Vila Amazônia registra 105 atendimentos Foto: Márcio Costa Notícia do dia 13/04/2017

A ação com médicos especialistas levada pela Prefeitura de Parintins nesta quarta-feira a Vila Amazônia registrou 105 atendimentos. Todos os meses a Secretaria de Saúde promove uma atividade itinerante nas comunidades polo e a próxima localidade a receber a equipe será o Maranhão. Na ação desta quarta-feira, os moradores da Vila Amazônia tiveram acesso a consultas com a médica Rafaela Sefair – ginecologista, Oziel Sousa – cardiologista, Marcelo Rodrigues – endocrinologista e o Ronaldo Gonçalves – dermatologista.

Mais uma vez, a especialidade mais procurada foi a ginecologia-obstetrícia com 26 atendimentos. A médica Rafaela Sefair destaca que hoje a dificuldade de consultas tem sido diminuída com a ida dos profissionais até as localidades. “Algumas das pacientes estiveram pela primeira vez fazendo uma consulta com especialista e isso é prazeroso para nós saber que estamos ajudando essas mães com pré-natal”, disse.

Para a agricultora da Comunidade Flor de Maio, Nilda Medeiros, o atendimento foi de qualidade e o melhor foi poder se consultar e realizar mais uma etapa de seu pré-natal mais próximo a sua casa. “Gostei muito e espero que continue esse trabalho”, enfatiza a comunitária.

De acordo com a enfermeira Samantha Sampaio, coordenadora da Saúde Rural, o prefeito Bi Garcia e o vice Tony Mdeiros hoje têm proporcionado mais atenção as comunidades levando saúde de qualidade as regiões polo. Ela enfatiza os resultados positivos de cada ida dos profissionais especialistas a regiões nunca antes assistidas pelo poder público. “É algo a ser destacado na medida que estamos conseguindo ampliar esses atendimentos. A equipe liderada pelo secretário Ronaldo está de parabéns”, acrescenta.

O médico endocrinologista destaca a satisfação em poder atender a população do interior de Parintins que tem dificuldades de chegar até a cidade para tratar de alguma enfermidade. “Já tinha vindo aqui na Vila outras vezes e é uma alegria muito grande saber que estamos podendo colaborar”, acrescenta.